A usabilidade e navegabilidade são dois fatores importantes, tanto num site como num blog. Estas são duas componentes de um site que devem ser pensadas quando o seu design está a ser desenvolvido, o que dificulta sempre a sua obtenção. Na maior parte dos sites e blogs, os seu donos compram templates já feitos e não sabem como alterar pequenas coisas neles para que melhorem a navegabilidade.

navegabilidade

Para que saiba o que deve procurar quando mudar o design do seu site, vamos dar algumas dicas que são quase regras de ouro ao nível da navegabilidade e usabilidade. Se tiver aplicadas algumas destas dicas, verá que os seus usuários estarão mais satisfeitos por conseguirem interagir com o seu site ou blog muito mais facilmente!

1. Ter o logótipo no canto superior esquerdo da página

logotipo

Esta dica é muito importante. Como a maior parte dos sites tem o seu logotipo no local mencionado, todas as pessoas que visitarem o seu site irão procurar o seu logotipo no canto superior esquerdo das suas páginas. Se o colocar em outros sítios, está a dificultar uma coisa que parece simples e perderá identidade porque os seus leitores poderão não reconhecer que aquele é o seu site ou o seu blog.

2. O logótipo é sempre um link para a homepage

logotipo homepage

Há muitos sites e blogs que têm o seu logótipo no sítio correto, mas depois este não serve para nada a não ser para identificar a página em que estamos. Tal como no caso anterior, tornou-se um hábito entre os internautas que ao carregar no logótipo de uma página ele remete-nos para a homepage do site em que estamos. É realmente frustrante, quando carregamos lá e nada acontece e ainda mais se não houver nenhum outro botão que nos leve para a homepage e tenhamos que andar a procurar por ela. Simplifique as coisas no seu site e deixe a sua homepage acessível.

3. Deixe todas as páginas à distância de no máximo 3 cliques

clique

Esta é uma dica que é discutível, no entanto, tanto eu como muitos outros internautas gostam de conseguir aceder ao que precisam sem ter que dar mais do que 3 ou no máximo 4 cliques no rato. Não se esqueça que os seus visitantes não conhecem o seu site tão bem como você e para além disso também são preguiçosos! Torne o conteúdo do seu site bastante acessível e deixe todas as páginas e artigos num sítio onde seja fácil chegar!

4. Faça com que os links sejam reconhecíveis

links

Já encontrei alguns blogs onde é impossível descobrir onde está um link no meio de um artigo. Por vezes os autores dos artigos até mencionam esses links, no entanto é praticamente impossível descobrir onde ele está, porque está com a mesma formatação do resto do texto. Se o seu blog estiver assim, mude isso imediatamente porque é extremamente inglório andar a passar o rato por cima de todas as palavras do seu texto para ver qual deles é o link que está a referir no seu texto e que queremos tanto ver!

5. Deixe os seus botões bem feitos

botões

Continuando um pouco na dica em cima, há também outros casos em que acontece uma coisa semelhante. Por exemplo o botão de submissão de comentários, ou o botão para ir para a página de Facebook, para ir para o Twitter ou outro qualquer botão. Há casos em que até encontramos o botão que pretendemos, mas quando passamos o rato por cima nada acontece. Não custa nada personalizar estes botões e adicionar um estado hover, para que os seus visitantes percebam que se carregarem neles vai acontecer alguma coisa e não estão desligados como parecia antes.

6. Utilize o Breadcrumb

breadcrumb

Breadcrumb é aquela barrinha que aparece imediatamente antes da caixa do artigo que nos indica onde estamos. É muito importante indicar aos visitantes onde nos encontramos, para que ele saiba por onde veio e como pode voltar ou ir para a página anterior. Também já é muito comum ver isso pela internet, no entanto ainda não se vê em todos os sites e blogs. Esta dica de navegabilidade é importante, porque é quase como um GPS para o seu visitante. Com o Breadcrumb é fácil ver exatamente onde estamos.

7. Crie um sitemap

sitemap

Como o lema é sempre dar a conhecer todos os cantos do seu site ao seu visitante, não há nada que mostre melhor o seu site do que um sitemap bem feito. Crie um onde sejam visíveis as hierarquias do seu site ou do seu blog para que o seu visitante consiga perceber como está estruturado o seu site e para onde deve ir quando quer alguma coisa em específico. Lembre-se também que não estamos a falar de um sitemap feito para robots, como o que se envia para o Google para indexar as suas páginas. Crie um sitemap para seres humanos e que seja facilmente percetível e de fácil leitura!

8. Tenha uma caixa de pesquisa sempre à vista

pesquisa

Por vezes, os seus visitantes não conseguem encontrar o que querem e precisam de fazer uma pesquisa para encontrar aquele artigo que procuram. Esta é mais uma razão para que tenha uma caixa de pesquisa sempre bem visível e em todas as páginas! É muito importante que o motor de busca do seu site funcione bem e seja realmente prático. Experimente perder algum tempo a criar um bom motor de busca (ou peça ao Google que faça um por si) e torne-o bem visível no topo do seu site.

9. Tenha os seus botões de RSS Feed, Facebook, Twitter e Google+ no sítio certo

botões subscrever

Já perdi algum tempo a procurar um meio para assinar uma Newsletter ou um RSS Feed em alguns blogs. Também já perdi esse tempo e depois não encontrei nada. Para que não perca potenciais leitores e seguidores, o local onde deve colocar estas ferramentas de subscrição também já está padronizado. Geralmente estas ligações são colocadas no topo do lado direito, na sidebar, e também umas segundas ligações no rodapé das páginas. Estas segundas ligações são meramente opcionais, mas as primeiras devem ser sempre no local que indiquei, isso se não quiser perder seguidores todos os dias. Uma outra coisa que também é frustrante, é apenas deixar disponível seguir o seu blog por Newsletter. A disponibilização de RSS Feed é muito mais prática do que a Newsletter. Lembre-se que o seu potencial seguidor pode não querer estar a receber mails todos os dias com artigos seus e prefere lê-los num Google Reader ou uma aplicação semelhante.

Faça um favor aos seus seguidores e disponibilize todas as ferramentas e coloque-as no sítio correto!

10. Pense como se fosse um visitante quando está a desenhar o seu site

visitante

Um dos erros mais comuns dos webmasters é que apenas desenham o seu site com base nos seus gostos. Isto é natural e vai de encontro ao “o site é meu, faço com ele o que quiser”. Tudo bem, isso funciona quando não é um site ou um blog virado exclusivamente para o público como é aqui o Escola Blog. Nestes casos, quando estamos a desenvolver alguma coisa para o blog, é necessário pensar como um visitante e criar o que gostava mais de ver e as ferramentas que gostaria de ter se estivesse a entrar no meu próprio blog.

Passe algum tempo a percorrer o seu blog de lés a lés e veja o que pode mudar para melhorar o site para o ponto de vista de um visitante. Lembre-se, se agradar os seus visitantes o seu blog crescerá. Se o seu blog não crescer é porque está a fazer alguma coisa mal com eles.

E você, que dicas pode dar para melhorar a navegabilidade e usabilidade do seu site?

Já lhe deixamos aqui 10 excelentes dicas, que mais podemos mencionar?